Imap fiscaliza garimpos nas proximidades de Tartarugalzinho, Calçoene e Oiapoque e encontra irregularidades









A equipe de fiscalização do Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Amapá (IMAP) realizou ações de investigação e fiscalização nas áreas de garimpo na região do Lourenço e rio Cassiporé - próximo aos municípios de Tartarugalzinho, Calçoene e Oiapoque - de 31 de outubro ao dia 03 de novembro de 2016.

O diretor-presidente do Imap, Luis Henrique Costa informou que, além de fiscalizar o cumprimento de condicionantes dos garimpos legalizados, “durante a operação, os fiscais investigaram atividades garimpeiras ilegais e apuraram outras denúncias feitas pelo Ministério Público Federal (MPF) ao Imap, relacionadas à atividade clandestina.” Informou o diretor.

Irregularidades

De acordo com a chefe do setor de Fiscalização do Imap, Jôse Amanajás Cardoso, os responsáveis pelos os danos ambientais causados foram notificados e autuados. “No município de Tartarugalzinho foi feita uma abordagem, e foi encontrado um garimpo funcionando ilegalmente. O responsável foi autuado e a atividade foi paralisada.” Informou Jôse. Segundo ela, as fiscalizações continuam.

A equipe do Imap foi composta pelos gerentes dos setores de Fiscalização Urbana, Jacson Maciel, do Núcleo de Mineração Mineral, Marcus Sousa e a gerente do Núcleo de Recursos Hídricos, Cleane Pinheiro.

 

Serviços:
Comunicação Imap
Mônica Costa


Autor:
Publicado em 04/11/2016 12:55:43